UNEBmail
Sistema de Bibliotecas
Portal do Servidor
Moodle UNEB
POA-Web
PIT Eletrônico
Contatos
Institucional
  NOTÍCIAS
Buscar notícia:
Portal UNEB / Notícias
03/12/2008
ALAGOINHAS RUMO À PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU
UNEB inicia construção de prédio que vai abrigar primeiro Mestrado do Campus II, em Crítica Cultural (na área de Letras), inédito no país - Reitor, Diretores e Comunidade lançam pedra fundamental da obra - Dia 2/dezembro, em Alagoinhas - Leia REPORTAGEM

Inédito no Brasil, o novo mestrado da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Crítica Cultural, na área de Letras, terá sede no Campus II, em Alagoinhas. A pedra fundamental das obras do projeto, já iniciadas, foi lançada na manhã dessa terça-feira, dia 2 de dezembro.

A iniciativa é o primeiro passo para a construção do espaço que abrigará mestres e doutores renomados na área, assim como mestrandos de vários lugares do país, atraídos pela proposta inovadora da pós-graduação.

"O investimento em pós-graduação stricto sensu em campi no interior do estado reforça o compromisso da UNEB com o desenvolvimento científico, tecnológico e sociocultural dos municípios e regiões onde está inserida, a exemplo de Alagoinhas", declarou o reitor, Lourisvaldo Valentim, que foi ao campus especialmente para a solenidade.

Valentim fez questão de lembrar que a idéia do curso de mestrado em Crítica Cultural foi do coordenador do Programa de Pós-Graduação do Campus II, Osmar Moreira, também presente à cerimônia, parabenizando-o pela iniciativa.

Moreira agradeceu as palavras do reitor e destacou que o novo mestrado da UNEB, além de pioneiro no país, conta com corpo docente de doutores da universidade que obtiveram o título em instituições reconhecidas.

O assessor da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PPG), Romilson Sousa, representou o pró-reitor da PPG, Wilson Mattos. "Este é mais um programa que a UNEB e a PPG têm incentivado no sentido de estimular a pesquisa e a pós-graduação no interior do estado, contribuindo para o desenvolvimento local e regional, assim como possibilitando aumentar a base científica da universidade", avaliou.

Avaliação da Capes

No momento mais aguardado da cerimônia, outros gestores da UNEB tiveram participação efetiva, a exemplo dos diretores dos departamentos de Ciências Exatas e da Terra (DCET), Maira Portofé; e de Educação (DEDC), Antônio Gregório Marinho; além da prefeita do campus, Tatiana Vale. Todos depositaram objetos na caixa da pedra fundamental - uma alusão à contribuição de cada um na construção do prédio que abrigará o primeiro mestrado.

"Entendo o lançamento como a oportunidade de consolidar a criação do curso de mestrado, o primeiro a ser implementado em Alagoinhas e totalmente inédito no país. Sendo assim, a existência do espaço físico é indispensável para a concretização desse sonho", pontuou Maira Portofé.

Marinho agradeceu ao reitor Valentim a sensibilidade de querer desenvolver o potencial científico, social e cultural da região, além de contribuir com a interiorização do ensino superior no interior do estado, "mais carente de universidades do que a capital".

"O Departamento de Educação do Campus II sempre percebeu a necessidade de avançar em termos de pós-graduação aqui em nossa região, mas éramos impedidos em função das limitações do espaço físico. Agora, com o atendimento por parte do reitor, do nosso antigo pleito de construção de um prédio para abrigar as pós-graduações, teremos totais condições de implantarmos cursos stricto sensu", observou o diretor.

Prestigiaram ainda o encontro os consultores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Maria Ester Maciel e Luís Alberto Brandão, que estavam em visita ao campus averiguando às condições de implantação do programa, dada a sua importância científica e social para a pós-graduação do Brasil.

Segundo Osmar Moreira, "a proposta está em tramitação na Capes e pode ser aprovada a qualquer momento".

Biblioteca e laboratório

O projeto do prédio está orçado em R$700 mil, incluindo Biblioteca setorial e Laboratório de Leitura, além da análise de material didático.

O acervo bibliográfico do curso vai demandar investimentos da universidade no total de R$400 mil, para aquisição de três mil títulos até 2010. Para este ano, a administração central da UNEB já assegurou verba para os primeiros 700 livros, segundo Moreira.

"Esperamos que no próximo ano, iniciemos o Doutorado Interinstitucional em História (Dinter) em parceria com a PUC-SP. Como se pode ver, não estamos apenas lançando a pedra fundamental da construção de um prédio, estamos dando um passo decisivo para a construção de um sonho, sonho coletivo que mudará a realidade acadêmica de nossa região e contribuirá para a expansão e consolidação da pesquisa e produção científica na UNEB", comemorou Antônio Gregório.

Diálogo com estudantes

Na ocasião, estudantes da residência universitária do Campus II aproveitaram a presença do reitor para reivindicar melhorias no local.

Lourisvaldo Valentim, acompanhado da pró-reitora de Extensão (Proex), Adriana Marmori, e dos diretores de departamento, fez questão de dialogar diretamente com os discentes da residência, o que aconteceu no auditório do campus.

O reitor e os gestores asseguraram aos estudantes que envidarão esforços para atender as suas reinvidicações.

Em agosto deste ano, o reitor Lourisvaldo Valentim visitou a nova residência universitária do Campus II, que, na ocasião, estava em fase final de construção. A obra, iniciada este ano, teve recursos disponibilizados pela administração central da universidade. A área construída é de cerca de 100 metros quadrados.

A cerimômia de lançamento da pedra fundamental do novo mestrado do Campus II foi conduzida por Dilton Dória, coordenador do Cerimonial da UNEB.

Na foto, da esq. para a dir., Antônio Gregório, Maira Portofé e Lourisvaldo Valentim comemoram o lançamento da pedra fundamental das obras do primeiro programa de pós-graduação stricto sensu da UNEB em Alagoinhas.

 

[Texto: Ascom/UNEB. Foto: Divulgação] mc-je/af

Notícias relacionadas

06/08/2008 > Reitor e Grupo Gestor visitam Campus II da UNEB - Ampliação das instalações físicas, novas obras e reformas, melhorias na Residência e Assistência Estudantil foram temas da pauta - Dia 5/agosto, em Alagoinhas

14/12/2007 > UNEB inaugura novo Centro de Educação Física e equipamentos de acessibilidade do Campus II, em Alagoinhas - São 3 mil m2 de área urbanizada e 400 m2 construída - Investimento: R$ 200 mil - Estudantes do Curso agradecem ao Reitor, Diretor do DEDC e dirigentes da Universidade

 
 
 
ALAGOINHAS RUMO À PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

Universidade do Estado da Bahia - UNEB. © Todos os direitos reservados.
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula. Salvador-BA. CEP: 41.195.001. Tel.: 71 3117-2200.